DSC_1292

4º Dia: Os Andes…

Acordamos em Volcan e o posto já estava abrindo. Na verdade, o posto de gasolina mesmo já está fechado há um ano, mas a lojinha do posto ainda funciona. Comemos algumas media lunas da simpática senhora que nos atendeu e caímos na estrada.

Volcan, beira da estrada.
Volcan, beira da estrada.

Quase não há postos de gasolina nessa região. Somente depois de algumas horas é que encontramos um “posto” em uma cidade chamada Susques. “Posto” é maneira de dizer, porque na verdade era somente uma bomba no meio do deserto.

Bom, abastecemos e paramos em um pequeno restaurante/hostal para comer algo e seguir viagem. Tentamos acessar a internet por lá, mas era sofrível! Só foi possível mandar dois emails e mais nada.

A paisagem é belíssima! Não há como não se encantar com os Andes. Por mais que seja um deserto e não tenha um centímetro de neve, essas montanhas encantam quaisquer olhos que as vejam.

Lhamas no caminho do "Paso de Jama", ainda no lado argentino.
Lhamas no caminho do “Paso de Jama”, ainda no lado argentino.
Lhama no caminho do "Paso de Jama", ainda no lado argentino.
Lhama no caminho do “Paso de Jama”, ainda no lado argentino.

O problema foi aquele “posto” que citei acima. Depois de abastecermos, o carro simplesmente começou a falhar. Mas não eram “falhadinhas” não. O carro parou! No meio dos Andes… no meio do nada!… Imaginem o nosso susto…

Aos trancos e barrancos, conseguimos fazê-lo funcionar. Aparentemente o problema é a gasolina ruim. Imaginem… além de cara, essa gasolina argentina ainda é batizada.

Este é o posto argentino com gasolina batizada (posto?).
Este é o posto argentino com gasolina batizada (posto?).

A aduana de San Pedro de Atacama é um caso a parte. Esses funcionários não devem gostar de ter que trabalhar num lugar tão distante de tudo e descontam nos turistas. Respostas monossilábicas ou somente com o dedinho apontando algo são as mais comuns.

Brasileiros, como sempre, aos montes! Em 20 minutos que ficamos na aduana vimos 6 carros de brasileiros e 1 de chilenos chegando.

Amanhã vamos ao geiser El Tatio… levantaremos 3 e meia da manhã!

Abaixo o trecho de hoje:

DADOS – 4º DIA
Saída: Volcan – Argentina
Chegada: San Pedro de Atacama – Chile
Distância percorrida: 476km
Pedágios:
Combustível: PA$120,00 + $20,00 (dólares)
Hospedagem: PC$35.000,00
Refeições: PA$101,50 + PC$11.700,00
Câmbio: PA$1,00 = PC$102,00
PA = Pesos Argentinos
PC = Pesos Chilenos